segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Olha só aonde chegamos! Voltando-me para trás, a impressão que eu tenho é a de uma trajetória de resistência. Foi necessário insistir para hoje termos algo para relembrar. Reagimos para suportar um relevante e intenso período de tempo. É inegável que nos proporcionamos uma bárbara e nova visão da vida, principalmente por meio dos detalhes que nos fizeram crescer. Experiências únicas me incentivaram à sensibilidade racional e ao amadurecimento. Ficou claro que o acaso nunca se encaixou em nosso contexto, até porque sempre tivemos noção do que a liberdade verdadeiramente é. A capacidade de aceitar desafios, sem ter ideia de sua abrangência, nos reduz à vulnerabilidade, a nossa principal vilã. Ao chegar nesse ponto, tudo parece ter se resumido a cláusulas previamente acordadas e que te levarão às lamentações. E, apesar disso, você se arrisca e se une com quem pretende redesenhar uma história contigo. E redesenhou. E registrou na eternidade. E te concedeu percepções extrassensoriais. Eu amei. Eu amo.


video

22 comentários:

  1. PARABENS PELO BLOG... SHOW DE BOLA!!!

    Pedir minha namorada ( agora noiva) em casamento e fiz um vídeo com um pedido bastante criativo.

    O pedido de casamento mais criativo de todos os tempos (se poder divulgar também agradeço)

    http://preguicaalheia.soubh.com.br/2012/12/o-meu-pedido-de-casamento.html

    ResponderExcluir
  2. Legal. ^^

    http://limaounada.blogspot.com.br/
    Seguindo... se puder segue de volta. ^^

    ResponderExcluir
  3. Interessante
    http://quebizarrice.blogspot.com/2012/12/se-voce-se-acha-feio-tem-gente-pior.html

    ResponderExcluir
  4. Que texto belo, não é todo dia que leio algo bom por essa blogosfera imensa e cheia de opções.
    E putz, a música me deixou ainda mais apaixonada pela postagem, rs

    Parabéns!

    Beigos,
    http://mauraparvatis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A vulnerabilidades é o que nos torna humanos e fascinantes. Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  6. Nós passamos por fases na vida que nos levam a descobrimentos, momentos de felicidades, tristeza e tudo que envolve relacionamentos e sentimentos.
    Algumas pessoas descobrem e vivem isso um pouco mais cedo outras um pouco mais tarde, mas todos nós passamos por essas mutações de sentimentos e pensamentos.
    É o que nos fazem ser diferentes, é o que nós fazem ser humanos.

    ResponderExcluir
  7. Arrazoou no texto, Parabéns pelo blog.
    bjs

    http://rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Me fez recordar "Como diazia o Poeta": "...quem nunca curtiu uma paixão nunca vai ter nada, não."
    Estamos sempre vulneráveis a momentos que marcarão nossas vidas. Alguns terão finais felizes, outros não.
    Mas valerá sempre ter um bom momento para recordar, mesmo que tenha passado, do que nunca ter nada.

    Você escreve muito bem.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Quem não arrisca nunca saberá onde poderia ter chagado.
    Que tenta não erra, aprende.

    Histórias, estórias e outras polêmicas
    www.cchamun.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Todo mundo erra isso é natural do ser humano.
    http://nipponpress.blogspot.com/2012/12/trem-bala-do-japao-recebera-reforco.html

    ResponderExcluir
  11. Belo texto... nossa vida é uma sequência de acidentes, e um deles, é o amor...

    ResponderExcluir
  12. Lindo texto, amei

    seguindo...
    http://bonekkinhaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. realmente o amor é inevitável ...

    ótimo texto

    http://skirtblush.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Texto perfeito...

    Parabéns pelo blog


    http://yunosabe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Amey conhecer o seu cantinhoo.. passa la no meu? se gostar e quiser me seguir eu sigo de volta.. Bjiinhos linda
    http://bonekkinhaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir