sábado, 21 de abril de 2012

Se agora eu parar e olhar para trás, verei o quão engraçado foi o início do primeiro capítulo desta história. Talvez a graça tenha se dado pela espontaneidade das situações que nós nos propusemos, também de maneira natural. Essa naturalidade trouxe, de cara, algumas adversidades que foram transpostas e se transformaram em crescimento pessoal. Hoje eu posso dizer que não havia momento mais oportuno para a sua chegada, onde desde então eu só tenho a te agradecer. Com o tempo, a ordem regular das coisas acarretou em outras contrariedades que foram capazes de nos fazer temer. A sua persistência e paciência carregaram esta história nas costas. Provavelmente eu tenha contribuído passivamente. A sua insistência e choro carregaram esta história nas costas. Provavelmente eu tenha contribuído com egoísmo. Sabe, apesar de tudo, eu só queria que você verdadeiramente acreditasse no que eu digo que sinto. Eu não quero te fazer pensar que eu me habituei a passar tempos desagradáveis, muito menos que simplesmente não suporte mais viver como vivo há alguns meses. É importante para mim aprender contigo. É relevante para mim constatar que a sua presença só tem me feito bem. Eu não quero que minhas falhas sejam suficientes para anular qualquer uma de nossas projeções futuras. Tenta entender que há sinceridade. Tenta entender que eu estou por você.

15 comentários:

  1. Todo relacionamento tem flores, pedras e espinhos mas o bom é sempre aprender com cada um deles...parabéns pelo seu blog ...gostei!!!Belos textos...

    ResponderExcluir
  2. Apaixonante *-*
    http://blog-adversativo.blogspot.com.br/
    seguindo!

    ResponderExcluir
  3. Ola !Gostei do seu blog.Se puder comentar e seguir os meus 2 blogs:

    http://ganheclicandonanet.blogspot.com.br/
    http://strawberrieslike.blogspot.com.br/

    Se interessar,de uma olhadinha nos links do meu blog,maneiras garantidas e testadas de como ganhar dinheiro.Esses sites REALMENTE PAGAM,não é FRAUDE!Pois tem muitos que prometem várias coisas e não pagam nada.
    Bom,os links estão lá!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Ola !Estou seguindo seu Blog.Se puder comentar e seguir os meus 2 blogs:

    http://ganheclicandonanet.blogspot.com.br/
    http://strawberrieslike.blogspot.com.br/

    Se interessar,de uma olhadinha nos links do meu blog,maneiras garantidas e testadas de como ganhar dinheiro.Esses sites REALMENTE PAGAM,não é FRAUDE!Pois tem muitos que prometem várias coisas e não pagam nada.
    Bom,os links estão lá!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. todos os realcionamentos tem as coisas boas e ruins, mas tudo nos serve de experiência e ajuda no nosso amadurecimento

    bjkssss

    http://seenovidadeeuquero.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. booooooooom texto.
    engraçado esse sentimento de quanto esta começando algo é realmente bom.
    http://mundostreze.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. gostei do texto

    http://rocknrollpost.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá :)

    Nossa, quanto tempo que não passo por cá...
    Mas, uma coisa que não mudou: os posts continuam lindos! #adorei

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. muito bom seu blog
    adoooreii
    http://hrdoblush.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. te seguindo.
    beijinhos

    http://aquifofura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Apaixonante, belo texto.
    Parabéns pelo blog, adorei.

    Estou te seguindo. Da uma olhadinha no meu e me segue também se gostar =]



    http://vida-fragil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. mt legal seu blog, otimos textos

    http://blogdosgoiabas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ah, mas animais de estimação são teimosos mesmo...

    ResponderExcluir
  14. Convivência é uma arte divina, entender o ser humano requer tempo e paciência. No relacionamento não é diferente.

    ResponderExcluir
  15. Quando a gente consegue parar e olhar para trás, o mais legal é achar graça do que muitas vezes nos deixaram fulo na ocasião.

    "Sabe, apesar de tudo, eu só queria que você verdadeiramente acreditasse no que eu digo que sinto..." ah se fosse tão simples, quem sabe seria mais fácil.

    Histórias, estórias e outras polêmicas
    http://cchamun.blogspot.com.br

    ResponderExcluir